Made in Japan Restaurantes Japoneses Hashitag Henshin Mangás JBC AkibaSpace BMA

Falando sobre 'Os 13 Porquês'

em 13 de abril de 2017Os 13 Porquês é sucesso na Netflix e também nas livrarias, mas o que a história tem de tão envolvente?

(Divulgação)

Os 13 Porquês começou como um livro juvenil, com narrativa simples e direta e uma mensagem forte para os leitores: suas ações influenciam a vida das pessoas ao seu redor.

Capa do livro

No dia 31 de março de 2017, o canal de streaming Netflix liberou os 13 episódios da série em que vemos a narrativa do livro apresentada no contexto atual e com muito mais detalhes, deixando a experiência de mergulhar nesse universo bem mais intensa.

Ao comparar o livro e a série, os fãs da obra literária não sentiram as mudanças apresentadas como algo ruim ou que tirou a essência da história, muito pelo contrário.

O que no livro é apenas a visão de um personagem, na série, é mais amplo, com outras perspectivas como, por exemplo, dos pais da jovem e também as consequências da sua decisão. A humanização, com os defeitos e também as qualidades de cada um deles, fica mais clara nas telas e pode ser sido um bom complemento para as páginas.

A série transportou a história de Hannah para o contexto atual, no qual o bullying se estende para o ambiente virtual, também chamado de cyberbullying . O que antigamente eram “apenas” brincadeiras de mal gosto que aconteciam na escola, hoje seguem os jovens por muitos anos e para qualquer lugar que forem por meio da internet.

A narrativa tem servido para mostrar aos pais e educadores a importância de ser um adulto presente, deixando sempre aberta a oportunidade para que o jovem sinta que pode conversar sobre tudo.

Abaixo, apresentamos uma galeria com pôsteres criados pela Netflix. Neles vemos os adolescentes normais e sem nome, que na verdade seriam alguns dos “porquês” para a decisão de Hannah na história. Ao apresentar tais questionamentos ou frases, a ideia é justamente não amenizar as decisões de cada um.

 

O Documentário

(Divugação. Capa)

A produção da série realizou a gravação de um documentário com explicações para algumas decisões de roteiro e mudanças durante a adaptação do livro para as telas.

Nessa obra de aproximadamente 30 minutos, o autor do livro, Jay Asher, falando um pouco do que foi ver a transformação durante a adaptação do texto para o roteiro. Selena Gomez, que é uma das produtoras, explicando o quanto a obra marcou sua adolescência.

Um dos principais roteiristas Brian Yorkey fala sobre as alterações e ambientações que foram necessárias. Ele também discute o quanto as cenas são importantes para que as pessoas sintam a necessidade de olhar as pessoas ao seu redor com mais cuidado.

Além da presença do elenco principal, contando sobre suas experiências com a história e o envolvimento que tiveram ao ler seus personagens, também conhecemos os psicólogos que trabalharam com toda a equipe durante as gravações e elaboração do roteiro.

A Netflix, em parceria com diversas ONGs mundiais de valorização à vida, deu origem a um site onde você pode encontrar uma dessas organizações e canais de comunicação com atuação em diversos países. São linhas anônimas por meio das quais é possível buscar ajuda de pessoas treinadas e profissionais (13reasonswhy.info/).

Heila Lima

Jornalista, fã de Star Wars, Harry Potter e infinitas séries de TV. Musicista e jogadora de games aleatórios nas horas vagas.

Notícias Relacionadas

Mangás JBC