Made in Japan Restaurantes Japoneses Hashitag Henshin Mangás JBC AkibaSpace BMA

Muito gameplay de Zelda: Breath of the Wild

em 15 de junho de 2016E a impressão foi das melhores!
zelda_breath_of_the_wild_link_night_akiba_games_00

No ano passado a Nintendo não teve uma apresentação de grande destaque na E3, e em 2016 resolveu ter uma abordagem diferente. Focando apenas em Pokémon e no novo Zelda, a Big N trouxe gameplay. Aliás, se houve algo que não faltou, foi gameplay. Uma overdose de gameplay de The Legend of Zelda: Breath of the Wild!

No site da empresa onde rolou o live streaming (e3.nintendo.com), de tempos em tempos tínhamos uma transmissão direto do estande da E3, onde havia um novo trecho do game a ser mostrado. Nessa matéria, reunimos alguns dos vídeos mostrados durante o dia.

Com um visual lembrando animações “à la estúdio Ghibli”, movimentação bastante fluída, mapa aberto e liberdade de movimentação como escalar, usar objetos das mais variadas maneiras (como usar uma tampa de caldeirão como escudo, usar o escudo como prancha de snowboard, etc) e, depois de tantos anos esperando por isso, pular (sim, finalmente o Link pula quando a gente quer, e não só quando o chão acaba!), a impressão sobre o jogo foi das melhores possíveis.

Agora vamos ao que interessa:

Uma das partes mais bacanas foi a exploração do mapa (que é bastante grande, como já tinham prometido os produtores do jogo, ao começarem a dar uma cara para esse novo Zelda):

Em meio a tudo isso que o jogo oferece, existem os “Shrine of Trials”. Até onde entendemos, ao completar cada um desses templos, Link ganha uma orbe que pode ser usada como moeda de troca para adquirir novos itens e habilidades. Neste vídeo também é mostrada uma das novidades do jogo: combinar itens e cozinhá-los. Esse procedimento cria novos itens que, ao serem consumidos por Link, podem lhe dar algumas vantagens além de simplesmente recuperarem HP do personagem:

E quando lança?

Ainda não há uma data específica para o lançamento de The Legend of Zelda: Breath of the Wild, mas a previsão é de que ele chegue no 1º trimestre de 2017.

O jogo deverá ser lançado para Wii U e também para o próximo console da Nintendo. Segundo a equipe de produção, a experiência que ele proporcionará deverá ser a mesma em ambos os consoles, portanto ninguém precisa se preocupar nesse sentido.

Por tudo que vimos ontem, esse novo Zelda tem tudo para deixar os fãs satisfeitos depois de tanta espera. Torçamos para que essa impressão esteja certa!

Caique Guirao

Publicitário, faixa preta em Karatê, quase preta em Wing Chun, grande fã de Star Wars, Zelda e Assassin's Creed, e apaixonado por música.

site twitter

Assine a nossa newsletter e receba as dicas e novidades do universo geek. A inscrição é gratuita!


Notícias Relacionadas

Mangás JBC