Made in Japan Restaurantes Japoneses Hashitag Henshin Mangás JBC AkibaSpace BMA

Celebridade cosplay

em 26 de maio de 2006A italiana Francesca Dani conta como foi participar do WCS 2005 e vencer
francesca_01
“Acredito que a maioria dos cosplayers no mundo sonha em participar deste evento. É como as Olimpíadas do cosplay”)

Loira, olhos azuis e fã de animê desde muito pequena, a modelo italiana Francesca Dani virou celebridade internacional no universo dos cosplayers em agosto do ano passado. Ela ganhou o prêmio mais importante do World Cosplay Summit 2005 como membro do time italiano.

Francesca e suas colegas venceram na categoria Time Vencedor Absoluto. Em Aichi, ela foi a Cassandra do game “Soul Calibur 2″. Formada em moda e atualmente trabalhando em uma fábrica, a moça considera essa fantasia sua “obra-prima”. O Time Italiano levou o título para casa com uma coreografia original do game cheia de acrobacias.

Em entrevista exclusiva, Francesca fala sobre cosplay, a viagem ao Japão, a emoção de vencer o WCS2005 e manda uma mensagem para os cosplayers brasileiros, que terão a chance de percorrer o caminho feito por ela concorrendo na etapa JBC Brasil do WCS 20006.

Quando você começou a fazer cosplay?

Comecei no início de 1998. Minha primeira fantasia foi de Super Sailormoon (do famoso animê “Sailormoon SS”). Eu a fiz em apenas três dias e, logo na minha primeira participação em uma convenção italiana, eu já ganhei um dos prêmios mais cobiçados do concurso.

Qual é o seu personagem favorito?

Minha favorita é a Françoise Arnou do “Cyborg 009″, de Shotaro Ishinomori. A série é o meu animê preferido desde pequena, e eu me apaixonei por essa personagem porque ela é loira, tem olhos azuis e pele clara, igualzinha a mim!

Como foi a viagem ao Japão para as finais do WCS?

francesca_03
Francesca como Françoise Arnou, de Cyborg 009, seu animê preferido)

Ir para as finais do WCS foi como um sonho se tornando realidade. Eu acredito que a maioria dos cosplayers no mundo sonha em participar deste evento. É como as Olimpíadas do cosplay, e ser selecionada para a final é uma ótima oportunidade para conhecer outros cosplayers de todo o mundo, visitar o Japão e passar uma semana como um ídolo do cosplay.

Eu recebi um e-mail da equipe da TV-Aichi em março, dizendo que eu tinha sido selecionada para ir ao Japão. Foi a terceira edição do WCS, e a mais especial, porque foi o primeiro campeonato da história do encontro. Eu e minhas colegas de time passamos cinco meses trabalhando em quatro fantasias e na coreografia da nossa apresentação.

Quando chegamos ao aeroporto de Nagoya depois de 12 horas no avião, uma equipe da TV-Aichi já esperava por nós. Tiramos fotos e tivemos entrevistas para a emissora e para o jornal Chunichi, havia muito interesse da mídia no evento. Éramos mesmo como superstars! Além disso, uma das coisas mais legais em Nagoya foi a Parada do Cosplay – os cosplayers andam pelas ruas de Osu até o templo de Osu Kannon.

Você fez amigos no Japão?

Eu sou uma pessoa muito tímida, mas sim, fiz novas amizades lá. Ainda falo com alguns deles por e-mail. Uma das pessoas mais legais que eu conheci era uma menina do Time Espanhol chamada Gisela. Ela é ótima e canta muito bem também. Ela tocou como Roy Mustang no concurso principal e sua fantasia era bonita e fiel ao original.

O tempo que você passou no Japão foi suficiente para conhecer os lugares e a cultura do país?

Tivemos uns três ou quatro dias livres durante o WCS 2005, então deu tempo para visitar a região e as cidades próximas. Ficamos em Nagoya, mas fizemos um tour por Tokyo também. Nagoya é uma cidade muito bonita, cheia de ótimos lugares para conhecer, e as pessoas de lá são muito simpáticas. Visitar Tokyo era um dos meus maiores sonhos. Torrei metade do meu crédito bancário em compras e visitei o famoso Cospa Shop também.

Uma mensagem para o pessoal no Brasil?

Boa sorte a todos os cosplayers brasileiros que forem selecionados para o evento! Divirtam-se!

Reportagem: Silvana Salles

Assine a nossa newsletter e receba as dicas e novidades do universo geek. A inscrição é gratuita!


Notícias Relacionadas

Mangás JBC